segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL!!!!!

 
Natal -
"Que o espírito natalino da paz se personifique na família e nas ruas de sua cidade. Que os abraços fraternos sejam mais constantes, que o riso seja fácil. Que o prazer em compartilhar e doar-se para o bem seja sentido. E que a oração seja partilhada e ouvida. Que seu desejo de alegria seja tão forte a ponto de que resista ao desejo de transmiti-la para outras pessoas também.
Deixe o Natal invadir a sua alma entre os perfumes das comidas deliciosas, das roupas novas. Abrace-se a tudo de mais puro que você tem, junte-se a pessoas que te amam e, no silêncio de seu coração, torne sua prece verdadeira para subir aos céus e retornar como o mais puro presente: o suave perfume do aniversariante, o perfume da paz, da fé, do amor, da harmonia e do forte desejo de esperança para que todos os dias sejam como os dias de Natal.
Um Natal cheio de luz e paz a todos! " - ULISSES

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

RADAR - Terracycle - PROGRAMA DE COLETA DE RESÍDUOS

 
Reutilizaçâo: O trabalho é realizado pelo Terracycle, uma empresa criadora de produtos verdes com o objetivo de eliminar resíduos por meio de formas inovadoras e únicas de reutilizá-los.
 
As Brigadas da TerraCycle são programas nacionais através dos quais você pode arrecadar dinheiro coletando resíduos (todo o valor é pago para escolas e organizações sem fins lucrativos).
 
Cadastre-se para coletar as categorias listadas, ou descubra mais sobre como os programas funcionam.
 
 Participe 
 
O time de coleta é formado em bairros, escolas ou empresas que juntam os resíduos e enviam ao Terracycle. Para participar, basta clicar no site Terracycle, criar uma conta e escolher qual o tipo de resíduo quer coletar. Depois que o cadastro é aprovado, você acessa a área com materiais informativos que vão ajudar a divulgar a sua ação.

Separe uma caixa, daquelas que seriam descartadas, e comece a juntar as embalagens. “Quando ela estiver cheia, acesse o site, imprima um selo pré-pago dos Correios e envie. Tudo é realizado sem qualquer custo”, afirma Bruno Massote.

Outro benefício é que, para cada embalagem, o Terracycle doa R$ 0,02 para uma instituição ou organização social sem fins lucrativos, indicada pelo responsável do time da coleta.

Onde comprar

Você já pode desfilar com sua peça upcycled por aí. Todos os itens são encontrados no site de produtos da Terracycle ou na rede de supermercados Wal-Mart.
 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Mundial de 2014 - Cartaz - Brasilia/DF

Brasília
A imagem faz uma estilização da Catedral, uma das obras que simbolizam a cidade e um ícone arquitetônico mundial. As cores do jogador chutando a bola reforçam as múltiplas etnias que compõem a sociedade brasileira e remontam à presença dos cinco continentes na Copa. O amarelo no lado direito da imagem simboliza o sol nascente sempre a leste. Brasília receberá, no Estádio Nacional Mané Garrincha, a partida de abertura da Copa das Confederações e sete jogos da Copa do Mundo da FIFA 2014.
Imagem:

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

RADAR!!! REUTILIZAÇÃO DOS LACRES

Reutilização com bom gosto!!! 
Parabéns ao projeto!!!
 

Da-Lata é brasileira para "da lata".

"Nós amamos upcycling. Criamos projetos éticos que são inteligente, legal e de inspiração clássica.

Nós usamos o anel de alumínio reciclado puxa coletadas por "catadores" (Brasileiro de catadores "pode") e trabalhar diretamente com os artesãos brasileiros, proporcionando-lhes estabilidade e rendimentos mais elevados em troca de sua obra incrível."
(Da-Lata)
 
 
 
MAIORES INFORMAÇÕES E ENCOMENDAS ACESSE:
 
Milhares de latas de refrigerante descartadas!Estas latas são recolhidos por pequenos exércitos de pessoas conhece como "catadores", (brasileiro de "catadores de lata"), que são parte de um setor conhecido como lixo-colheita. Tais atividades são agora reconhecidos oficialmente como ocupações e apoiado pelo governo brasileiro. Esta aceitação e legalização permitiu muitas pessoas desfavorecidas para ganhar dinheiro coletando latas deixadas nas praias e bares em toda parte.
Mais de 91% das latas de refrigerantes no Brasil foram recicladas no ano passado. Isto é equivalente a cerca de 1,4 milhões de latas por hora, fazendo do Brasil um líder mundial em alumínio reciclado.
Nós trabalhamos diretamente com as mulheres brasileiras artesãos, Da-Lata comprar o anel puxa de "catadores", nossas senhoras selecionar, limpar e alise-os com um alicate para torná-las seguras e confortáveis ​​para usar antes de começar ligando-os com técnicas de crochê.
Este trabalho proporciona-lhes estabilidade e rendimentos mais elevados em troca de sua obra incrível.
Nós damos o anel puxa um novo sopro de vida ao ser upcycled em peças atemporais que são justas negociados obras de arte que são de longa duração.
Nós transformamos anel humilde puxa para imperdíveis clássicos contemporâneos. Cada item é feito à mão usando 1000 do anel puxa.
Nossos artesãos vincular o anel puxa com crochê, criando a sua cota de malha efeito único.
 

sábado, 20 de outubro de 2012

Fio Zpagetti Hoooked


 
Hoooked Zpagetti E Feito de malha de Camisetas e TEM UM acabamento rústico, artesanal. 
Agulha de crochê recomendada: 10-12mm

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS!!!

 
 ”Senhor! Faze de mim um instrumento da tua paz: onde houver ódio, que eu leve o amor; onde houver ofensa, que eu leve o perdão; onde houver discórdia, que eu leve a união; onde houver dúvidas, que eu leve a fé; onde houver erros, que eu leve a verdade; onde houver desespero, que eu leve a esperança; onde houver tristeza, que leve a alegria; onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, faze com que eu procure mais consolar do que ser consolado, compreender do que ser compreendido,
amar do que ser amado, pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a Vida Eterna. Que assim seja, graças a Deus.”

Italiano, nascido em 1182 em uma família rica, São Francisco abandonou sua vida luxuosa aos 24 anos para se dedicar aos mais pobres. Tornou-se peregrino e eremita e vivia de esmola, seguido por muitos que acreditavam em suas palavras, fundando assim a Ordem dos Frades Menores, conhecida como Franciscana. Em 1224, recebeu os estigmas de Cristo e ficou cego. Morreu em 1226 e foi proclamado padroeiro da ecologia e protetor dos animais por seu amor à natureza.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A Terapia Comunitária Integrativa como prática complexa

A Terapia Comunitária Integrativa como prática complexa

Por em 23/09/2012
 
A Terapia Comunitária Integrativa é uma realidade complexa, como todo fenômeno social ou, como aqui preferimos nos referir, como todo fato social, no sentido com que Émile Durkheim, o fundador da sociologia, se refere àquelas formas de pensar, sentir e agir que se constituem no objeto desta ciência. Essa complexidade está a demandar uma intersecção de pontos de vista disciplinares, por um lado, e por outro, uma visão integrada de saberes que compõem a Terapia Comunitária Integrativa.
Quando dissemos tratar-se de uma prática complexa, queremos significar que nela se resumem ou reúnem, inúmeros saberes tanto populares como científicos. E é tarefa desta publicação, iniciar um rastreamento dessa gama de conhecimentos que se amalgamam na Terapia Comunitária Integrativa.
Costuma ser dito que na TCI há cinco pilares básicos: Resiliência, Antropologia Cultural, Pedagogia de Paulo Freire, Pensamento Sistêmico, e Pragmática da comunicação humana.
 
Estas bases teórico-práticas são, de per si, setores do conhecimento suficientemente ricos e diversificados, como para exigirem uma atenção cuidadosa dos pesquisadores, tanto quanto dos praticantes da TCI.
 
Na Terapia Comunitária Integartiva, há uma prática e uma investigação sobre essa mesma prática. Não é uma técnica, embora se utilize de recursos técnicos na realização das rodas.

Esta prática complexa supõe um despojamento de preconceitos, aquele requisito inicial que Durkheim, o fundador da sociologia, estabelece como o ponto de partida para o conhecimento dos fatos sociais. Libertar-se dos pré-conceitos é se despir diante da realidade, vê-la ou tentar vê-la tal como ela é, e não como dizem as ideias revias formadas sem o auxílio da ciência.
 
Esta postura de inocência, se assim podemos dizer, supõe o resgate da criança interior, desse primeiro núcleo perceptivo ou primeiro mestre interior, onde se aninham tanto a visão original do mundo, quanto a capacidade para vencer as batalhas da existência.
 
No processo a pessoa vir a se tornar terapeuta de si mesma, um processo que se dá de maneira coletiva, por participação tanto em rodas de terapia, em que caem os véus da fragmentação e do isolamento, quanto nos cursos de formação em TCI e nos Cuidando do cuidador, a pessoa recupera a confiança em si mesma e nos outros. Eu sou capaz, eu valho. Frei Betto, ao comentar a Pedagogia da autonomia de Paulo Freire, se refere à auto-estima que as classes populares recuperam neste processo.
 
Aqui, volta-se o sujeito para sua história de vida, re-lida sem o anteparo das ideias cristalizadas condenatórias e culpabilizantes, para aflorar novamente a possibilidade de uma vida nova, toda nas suas mãos, inteiramente sob a sua responsabilidade, e na trama dos valores que dão sentido è sua existência pessoal e grupal.
 
As coisas começam a serem vistas de maneira contextualizada. O que acontece, faz parte de um todo maior que o contem e lhe dá significado.
Diferentemente de abordagens terapêuticas que isolam a pessoa da rede de relações, na TCI, ao contrário, tudo começa no diagnóstico comunitário, e na composição do quadro interpretativo e factual do qual fazemos parte.
 
Muitas ideologias “de libertação,” nati-mortas, apregoam a recuperação da pessoa humana, sem contatá-la, partindo de abstrações intelectualistas. Aqui, ao contrário, o saber científico alicerça uma recuperação da pessoa em que os saberes populares intervêm de forma criativa para des-embaraçar a caminhada do indivíduo em uma sociedade complexa na qual a criatividade tem primazia frente às receitas feitas, inúteis por menosprezarem a realidade.
 
Ao invés de prescrições: linhas de ação, palavras geradoras, que vão oxigenando a visão da pessoa sobre quem ela é, o que pode, suas capacidades e valores. Nas formações e nos encontros, ouvem-se estes chamamentos à autenticidade, a um re-encontro consigo mesmo, que possibilita a renovação da vida, a recuperação do sentido da existência.
Toda forma de conhecimento é social. Todo conhecimento é uma construção coletiva. Em que sentido ou sentidos, haveria alguma originalidade em se afirmar que a TCI é uma forma de construção social da realidade?
 
Desde Marx, pelo menos, temos certeza de que toda forma humana de apropriação do mundo é feita a través de relações sociais determinadas, em contextos específicos que lhe dão feições especiais, e de modos concretos, resultantes de trabalho humano realizado em condições de dominação.
 
Tomo Marx como ponto de partida, embora toda uma teoria do conhecimento e uma sociologia do conhecimento, tenha tentado desmerecer ou ignorar as suas contribuições. Quando digo Marx, refiro-me ao autor de A Ideologia Alemã, A questão judaica, os Manuscritos Econômicos e Filosóficos de 1844, embora, como com qualquer autor, as referências a esta ou àquela obra, devam estar perpassadas pelo fio condutor que as costura e lhes dá sentido.
 
No caso de Marx, este eixo é a alienação, a expropriação da noção de sujeitos, daquela parte da humanidade que produz, pelo trabalho, os bens necessários à subsistência.
Paulo Freire e Max Weber elaboram, em distintos contextos, mas com preocupações convergentes, esta problemática. Wright Mills e Erich Fromm, lhe dão conteúdos contemporâneos. E Peter Berger e Thomas Luckmann, a situam no ponto que nos interessa retomar essa linhagem, que inclui Durkheim, o fundador da sociologia.
 
A TCI, como toda forma de conhecimento, é uma construção coletiva. O que há de particular nela, que dê umas características específicas a esta forma coletiva do conhecer? Há pelo menos dois sentidos, que aqui enfatizamos: É uma construção coletiva (a) pois dispensa as “robinsonadas” solitárias de quem supõe, individualmente, ser capaz de conhecer e transformar. (b) Então, implica num afazer coletivo, plural, em que se misturam formas populares e científicas de conhecer.
Ainda no campo científico, e também no popular, misturam-se saberes diversos, de origem e tradições também diversificadas.

Por isso podemos dizer que a TCI é um conhecimento pluridimensional, em que se integra o que as pessoas e comunidades construíram como experiência de vida, e formas científico-acadêmicas de saber, desdobradas em disciplinas e especialidades.
 
Nesta interseção e integração de saberes, o que se privilegia, é o processo de libertação, de ruptura de prisões mentais e emocionais.
 
Rolando Lazarte, sociólogo, terapeuta comunitário, escritor. Primeiro Diretor de Comunicação Social da ABRATECOM-Associação Brasileira de Terapia Comunitária. Membro do MISC-PB. Acesse os blogs http://rolandolazarte.blogspot.com/ e http://rolandolazarterapeutacomunitario.blogspot.com

terça-feira, 4 de setembro de 2012

FLORES - em tudo que vejo.....hoje em cabelos.

 
 
Guirlanda Estatice com flores do cerrado e pérolas e bouquet flor do cerrado neutro
Fashion Noivas & Festas aconteceu nos dias 30/06 e 01/07
Taguatinga Shopping
 

Informações
Flor do Cerrado Design e Artesanato
Tel: (61) 3879 9870 e (61) 9215 9870
Samantha Mendes (Gerente Comercial)

BOM DIA!!!!


domingo, 26 de agosto de 2012

DA BAHIA PARA O MUNDO - BOLSAS Cil de Kolda

 
 
Bolsas em crochê, utilizando tiras de tecidos (chita, seda/veludo molhado e outros).
Artista Cil de Kolda uma francesa que tem seu ateliê em Trancoso (Bahia).
O trabalho artesanal é lindo!!!  

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ENTRE NÓS - PESSOAS TÓXICAS

imagem - net

As pessoas tóxicas jogam jogos para roubar a energia que você tem de utilizar para realizar seus sonhos e metas, assim como para viver em harmonia consigo mesmo e com os demais tirando a paz, que é sua por direito, de experienciar e viver.

As pessoas tóxicas, não sabem que são tóxicas - estão doentes e adoecem aos demais, porem não tem consciência de seu grau de toxicidade.

As pessoas tóxicas falam o tempo todo, não valorizam o silêncio, a meditação, a oração - não podem faze-lo porque, como tóxicos, necessitam desesperadamente da energia que você proporciona para que suas vidas possam ter algum sentido e, se você joga o jogo, elas se energizam às suas custas e você cairá completamente desfalecido devido a um intercâmbio energético completamente inadequado e inútil, para a evolução e crescimento pessoal de todos os envolvidos.

Você saberá se está com pessoas tóxicas quando a conversa se baseia em desqualificar, criticar, aberta ou sutilmente, as pessoas presentes ou ausentes, de tal forma a minar a autoestima e o valor da pessoa, pelo menos para o conceito e forma de ver a vida do outro que, obviamente, não coincide de maneira alguma com a sua visão.

As pessoas tóxicas não gostam de aprender através dos demais já que, para eles, não há nada que precisem assimilar; em suas mentes pensam que são os outros que tem de aprender com elas, mesmo quando vivem vidas miseráveis.

As pessoas tóxicas querem harmonia, felicidade, prosperidade e saúde, discutindo, provocando conflitos, falando da infelicidade que as circunstâncias externas provocam em suas vidas, da escassez, da morte, da obscuridade, sem entender que existe apenas um caminho para a evolução pessoal que é através da luz, da boa vontade e do reconhecimento humilde dos erros cometidos para que possam ser corrigidos, dentre outras coisas...

Todos convivemos com pessoas tóxicas, e analisar o grau de toxicidade que nós temos em nossos modelos mentais e de comportamento interpessoal, na maioria das vezes, isto constitui um ponto cego.... é compreender que não temos consciência de que estamos de alguma outra forma contaminados.

Porém, é muito fácil para você saber se está contaminado, observando os sintomas da enfermidade espiritual:

- Perca da paz interior

- Discussões acaloradas fora de todo contexto racional e das boas maneiras.

- Incômodos físicos, dores de cabeça, dores musculares, dores de estômago, enfim, qualquer dor em seu corpo está indicando a desconexão da fonte adequada de energia e a conexão à uma fonte altamente tóxica para sua saúde.

Existem tipos distintos de pessoas tóxicas e graus de toxicidade:

- Os Intimidadores: são as pessoas que discutem, sempre querem ter razão, ameaçam, ofendem verbalmente e, no pior dos casos, partem para a agressão física.

- Os Distantes: te ignoram, te transformam numa pessoa absolutamente invisível, você simplesmente não existe. E, através de uma atitude maquiavelicamente premeditada, te faz sentir um zero à esquerda. Essa é a ideia: roubar sua atenção e energia.

- Os interrogadores: são os críticos audazes disfarçados no que, na atualidade, se denomina "crítica construtiva" porém, no fundo, são habilidosos em destruir pouco a pouco através de um questionamento incessante sobre sua conduta, atos e maneira de ser para roubar sua energia e fazer com que perca o valioso tempo para onde se deve focar na realização de suas metas e objetivos importantes, fazendo com que pareçam irrelevantes, quando realmente não são.

- Os "Pobre de mim..." (vítima) - São aqueles que desde que chegam a um encontro ou reunião, não fazem outra coisa a não ser se lamentar de uma situação pessoal, ou do país, das condições do clima, da economia, dos pobres, dos ricos, do que seja! A ideia, neste caso, é fazer com que você se sinta culpado com sua felicidade e que não se importa com a realidade alheia ( a deles...). Demonstram um estado mental de pobreza e insegurança, impotência diante da vida e das circunstâncias, que não são capazes de assumir em sua totalidade, buscando atenção e carinho, deixando o ouvinte completa e absolutamente sem energia para desfrutar, viver e compartilhar de maneira natural, através de uma troca saudável, construtiva e edificante.

A forma que temos para sair vitoriosos desses encontros tóxicos, é estarmos preparados mentalmente para entender, e compreender, quais são os jogos que estão, ou estamos, jogando e decidir se participaremos ou não.

Assim, cairemos, ou não, em tentação com suas terríveis consequências.

Temos de entender que nossa paz é assunto nosso e não dos demais, que para discutir é preciso duas pessoas e que, no pior dos casos, se sentir que caiu involuntariamente em algum jogo, tomar consciência e sair dele o mais rápido possível com a finalidade de melhorar sua energia e a qualidade do encontro, assim como pedir desculpas, ou perdão, diante de algum impropério ou imprudência, se faz preciso para agir com base na boa conduta e costumes de pessoas civilizadas em uma comunidade que quer prosseguir crescendo e evoluindo em conjunto e fazer dos encontros momentos especiais para a vida e para a boa recordação de momentos compartilhados.

Maria Tirone
Personal Coach
Mistico & Empresarial
fonte:
http://decoaching.ning.com/forum/topics/como-convivir-con-personas-toxicas-y-salir-airosos-de-esos?xg_source=facebookshare
Tradução livre para o português: Stela Lecocq Muller
Para os Blogs SINTESE e De Coração a Coração
http://stelalecocq.blogspot.com/ http://blogsintese.blogspot.com/